Almeida: “Mérito de todos”
Foto: Lucas Colombo/ECPróspera

Almeida: “Mérito de todos”

Apesar de ter encerrado a participação no Campeonato Catarinense, o Próspera conquistou uma vaga na Série D do Campeonato Brasileiro. Fato histórico para o clube e muito comemorado, após a partida contra o Avaí, na quarta-feira, em Florianópolis. “Mérito de todos, cada um dentro do clube tem uma parcela, mas acho que os atletas têm uma parcela muito maior porque estão ali todo dia, não tirando o mérito de outros profissionais que tão lá dentro, mas os atletas foram comprometidos do começo ao fim. Chuva, calor, frio, sol, então todo mundo de parabéns, acho que ano que vem aí o Próspera pode desfrutar mais um ano na Série A, quem sabe mais estruturado e pensando em chegar nas fases finais da competição”, destaca o auxiliar técnico Luciano Almeida, que comandou a equipe devido a suspensão do técnico Paulo Baier. 


Almeida destaca o desempenho da equipe na partida de volta das quartas de final do Estadual. “Procuramos dentro da nossa proposta, dentro do que trabalhamos nesses dois dias, procuramos fazer um jogo de muita marcação, diminuir espaço do adversário e com a  posse de bola procurar jogar. Acho que o primeiro tempo conseguimos fazer isso, independente do pênalti, tivemos oportunidade mesmo quando tava 0 a 0, mas depois tivemos que sair para o jogo, conseguimos o empate ainda no segundo tempo. Infelizmente na sequência da partida acabamos tomando o segundo gol e não tivermos força para empatar e até virar a partida”, analisa o auxiliar técnico.

Trabalho bem feito

Apesar do revés e a eliminação do Catarinense, o Próspera fez uma das melhoras participações de sua história na competição. “ Para um time que muita gente achava que ia ser rebaixado ou era um dos postulantes ao rebaixamento, o Próspera fez o seu melhor, conseguiu a permanência com uma rodada de antecedência, ainda veio a classificação. Muitos outros clubes de tradição dentro do estado não conseguiram, então o Próspera tá de parabéns”, comenta Almeida.

Além disso, o auxiliar técnico destaca que o DNA do clube, chamado de Time da Raça, foi preponderante para a campanha. “É um time aguerrido, é o verdadeiro Time da Raça que não se entrega nunca, que procura o gol do primeiro ao último minuto.  Então essa é a virtude. Um time humilde que sabe os seus limites, acho que isso é o principal fator que nos trouxe até aqui”, finaliza Almeida.

CONFIRA A ENTREVISTA COLETIVA COMPLETA DO AUXILIAR TÉCNICO LUCIANO ALMEIDA:

Deixe um comentário